Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio e a nossa proteção. Salmos 33:20


"Bendiga o Senhor a minha alma! Não Esqueça nenhuma de suas bênçãos!"
Salmos 103:2

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

DINA GARCIA - nasceu em Cruz das Almas - Bahia, artista plástica autodidata, com influências, fauvista, cubistas e expressionista, porém com estilo próprio, sua pintura recusa de toda convenção acadêmica, sujeita às leis instintivas da harmonia das cores na composição do quadro. Começou a pintar em 1992 com lápis cera e logo realizou sua primeira exposição individual na Biblioteca Municipal de Cruz das Almas no mesmo ano. Em 1996 iniciou a pintura em tela óleo e logo passando para acrílico, técnica que usa até hoje, temática variada. “Dina Garcia, além de lírica, insere sua obra dentro de uma épica coletiva. Há uma confluência com a tradição da pintura latino-americana, inclusive com temas sociais, como é o caso de seus lavradores, vendedores de bananas, etc. Estão presentes a denúncia social, a condição do homem, a mulher, a sensualidade, a sociedade agrária, a natureza, a crônica urbana e quotidiana, além de muitos outros. Comumente, tem-se ressaltado as influências do fovismo, cubismo e expressionismo na obra de Dina Garcia, e, de fato, são bastante evidentes. Entretanto, há que se adicionar que sua linguagem também está relacionada a fenômenos mais contemporâneos como o comics – e mesmo ao ready made, ambos relacionados à pós-modernidade – o que equilibra a arte de Garcia, equalizando tradição e modernidade. Algumas de suas pinturas me lembram uma página de uma revistinha em quadrinhos. Todavia, é uma página de quadrinhos com um toque de uma mão artística magistral. Seu colorido impressiona e cativa, aliado à irregularidade das formas. Há, por trás de suas cores fortes e alegres, de suas formas irregulares – consciente ou inconscientemente - um discurso sócio-político-antropológico que se liga ao da grande tradição da Semana de Arte Moderna, de 1922, com Tarsila do Amaral, Portinari e Di Cavalcanti. E pintor baiano dos bons é pura poesia pau-brasil, tipo exportação… A obra dela já começa a circular internacionalmente, participando de exposições nos EUA e na Europa… Vida longa, Dina Garcia!”
 NARLAN MATOS, (Fairfax) Virginia, Estados Unidos; Ph.D Professor de cultura brasileira no Montgomery College.                                              







Ateliê Dina Garcia - Av. Getúlio Vargas,137.
Cruz das Almas - Ba
https://ateliedinagarcia.blogspot.com.br/

75 3621-5451 e 75 982493946

Nenhum comentário:

Postar um comentário