IMAGENS

IMAGENS

quarta-feira, 31 de maio de 2017

https://revistaphilos.com/2017/05/31/toda-materia-vira-arte/ Caros leitores e colaboradores, Apresentamos a Philos #16 com ilustrações da artista baiana, Dina Garcia ART. Caros lectores y colaboradores, Presentamos la Philos #16 con ilustraciones de la artista baiana, Dina Garcia. #SomosPhilos #Iberoamérica

A Philos consagra-se à promoção da diversidade cultural e linguística do mundo latino.
Publicamos obras artísticas e literárias que contribuam para a expansão das línguas e espaços linguísticos.

Issuu: issuu.com/revistaphilos - Revista Philos #16 Philos - Revista de Literatura da União Latina Número 16, Volume 3, Ano 3 Ilustrações de Dina Garcia

Download: Philos #16 e Neolatina #16
Issuu: issuu.com/revistaphilos


Dina Garcia (Cruz das Almas, Bahia, Brasil). Artista plástica brasileira, autodidata, com influências fauvistas, cubistas e expressionistas. Com um estilo único e inovador, as suas pinturas recusam a convenção acadêmica, sujeitas às leis instintivas da harmonia das cores na composição dos quadros. As obras de Dina são inspiradas pelo povo, pela fauna e flora, pelas riquezas tropicais do Brasil e pela figura da mulher brasileira. Essa inspiração lhe dá liberdade para criar obras multicoloridas e repletas de significações populares. Entre os anos de 1996 e 1997, cursou oficinas de desenho e pintura no Museu de Arte Moderno Solar do Unhão, em Salvador, na Bahia. Suas primeiras obras, criadas em 1992 eram feitas com lápis de cera, logo depois, em 1996 iniciou os trabalhos em tela a óleo e acrílica, técnicas que usa até os dias atuais. Os seus quadros já foram expostos em todos os continentes, estando muitos deles em exposições permanentes e itinerantes em toda Europa. Parte de seu acervo está disponibilizado em nossa edição #16.

Revista Philos #16: Dina Garcia é a artista responsável pela capa da décima sexta edição da Revista Philos lançada em maio de 2017.

#Artist #Art #contemporaryartist #contemporaryart #brazil #brazilianart #brazilianartist #nature #painting #colors #ink
Download/Descarga







Philos #16
Neolatina #16

Para realizar o download dos cadernos da Philos #16 e do Dossiê de Literatura Neolatina #16, clicar sobre as imagens das capas ao lado. Para realizar el download/descarga de los cuadernos de la Philos #16 y del Dossier de Literatura Neolatina #16, haz click sobre las imágenes de portadas al lado.

«O universo é feito essencialmente de coisa nenhuma. Intervalos, distâncias, buracos, porosidade etérea. Espaço vazio, em suma. O resto, é a matéria.» Tomamos como nosso o poema de Antônio Gedeão para estrear mais uma edição da Revista Philos.
Nessas páginas, nossos autores assumem um tom crítico e reflexivo acerca do mundo e das nossas relações sociais, de si e do outro, dos caminhos que percorremos, dos amores e das paixões. A poesia corre intensa por estas páginas, como a correnteza dos rios caudalosos que se encontram para celebrar a fertilidade das águas.
Comemoramos a escolha, por parte CPLP, da cidade de Salvador, na Bahia, como a Capital da Cultura da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. E para isso, convidamos uma das maiores artistas baianas da contemporaneidade, Dina Garcia, para assumir a direção de arte da Philos #16.
Com um estilo único e inovador, as suas pinturas recusam a convenção acadêmica, sujeitas às leis instintivas da harmonia das cores na composição dos quadros. As obras de Dina são inspiradas pelo povo, pela fauna e flora, pelas riquezas tropicais do Brasil e pela figura da mulher brasileira. Essa inspiração lhe dá liberdade para criar obras multicoloridas e repletas de significações populares.
Sobre a artista |
Dina Garcia (Cruz das Almas, Bahia, Brasil). Artista plástica brasileira, autodidata, com influências fauvistas, cubistas e expressionistas. Com um estilo único e inovador, as suas pinturas recusam a convenção acadêmica, sujeitas às leis instintivas da harmonia das cores na composição dos quadros. As obras de Dina são inspiradas pelo povo, pela fauna e flora, pelas riquezas tropicais do Brasil e pela figura da mulher brasileira. Essa inspiração lhe dá liberdade para criar obras multicoloridas e repletas de significações populares. Entre os anos de 1996 e 1997, cursou oficinas de desenho e pintura no Museu de Arte Moderno Solar do Unhão, em Salvador, na Bahia. Suas primeiras obras, criadas em 1992 eram feitas com lápis de cera, logo depois, em 1996 iniciou os trabalhos em tela a óleo e acrílica, técnicas que usa até os dias atuais. Os seus quadros já foram expostos em todos os continentes, estando muitos deles em exposições permanentes e itinerantes em toda Europa. Parte de seu acervo está disponibilizado em seu site pessoal.
| Colaborações na Philos |
Revista Philos #16: Dina Garcia é a artista responsável pela capa da décima sexta edição da Revista Philos lançada originalmente em maio de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário