IMAGENS

IMAGENS

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Baianidade - 2012

Identidade baiana. O que faz ser baiano. Baianidade. A referência a um modo de agir, ser e sentir definido como tipicamente baiano aparece em relatos de viajantes, criações de artistas e intelectuais, produções jornalísticas, da indústria do entretenimento e do turismo. Neste A invenção da baianidade, a autora busca nas letras das canções os hábitos, práticas e valores que sustentam esse discurso.
Encontra a “boa terra”, uma Bahia tranqüila, letárgica, dengosa, com seus quitutes, festas e santos. E também a “terra do axé”, dos trios, da negritude, da alegria, do despojamento. Interligando os dois períodos, a defesa simultânea da tradição e do prazer, a tensão entre a obediência e a transgressão. Como qualquer discurso identitário, o da baianidade também serve a vários usos, inclusive políticos, despertando reações variadas, que vão dos críticos ferozes aos defensores ardorosos.
E é justamente no convívio entre perspectivas distintas, no espírito integrador, na defesa da comunhão, que Agnes Mariano encontra as razões da vitalidade desse discurso, oferecendo ao leitor elementos para repensar como e porquê a baianidade prossegue alimentando utopias baianas, brasileiras e universais.
                                  ( Agnes Mariano)

Nenhum comentário:

Postar um comentário